VERTENTE DO FORTALECIMENTO INSTITUCIONAL

Formação de Bancada Política

Eleição, em diferentes municípios, de vereadores, deputados estaduais e federais, oriundos das tradições Afro, para formação de uma bancada comprometida com as questões do Povo de Axé e da sociedade como um todo, inclusive rastreando verbas governamentais para o desenvolvimento de projetos e programas.

Definição de um interlocutor

Haverá necessidade de ter somente uma interlocução que falará em nome de toda comunidade de Axé, o qual deverá ter a devida representatividade ou legitimidade para tal.

Comissão Permanente de Defesa da Religiosidade Afro

Deverá ser criada uma Comissão de Defesa da Religiosidade Afro, formada por diferentes personalidades representativas, oriundas do movimento Afro religioso em geral, para, em qualquer momento, possa se manifestar com legitimidade em defesa de situações de intolerância religiosa.

Pesquisa Censitária

Pesquisa Censitária para sabermos:

Quem somos? Quantos somos? Qual o perfil sócio econômico dos praticantes da religiosidade Afro? Quais são as expectativas do Povo de Axé? Com isso, podemos formular programas, atividades religiosas, além de políticas públicasque possam melhor atender às expectativasdos adeptos e transeuntes de nossas tradições Afro.

IMPORTANTE:

O presente trabalho está longe de ser um caminho definido para o engrandecimento das Umbandas e Candomblés. São idéias iniciais que precisam ser desenvolvidas e enriquecidas com a visão e valores dos irmãos que compõem a religiosidade Afro. Somente assim ele poderá ter a legitimidade e representatividade entre as comunidades de terreiros. Quando esse momento não muito distante chegar, todos poderão caminhar juntos, superando obstáculos com fé e esperança e com a proteção de Guias e Orixás.

Status: Ainda a ser implementado